Destino, Estilo

Los Angeles: o que esperar da cidade?

Los Angeles fica localizada no sul da Califórnia e é a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos (só perde para Nova York). Estamos falando de um grande centro comercial, financeiro e cultural e uma das cidades mais visitadas do mundo. Aliás, LAX, o aeroporto internacional, é um dos mais movimentados dos Estados Unidos (e do mundo)!

Como não poderia deixar de ser, a cidade tem um ritmo super acelerado, o que agrada os fãs de metrópoles e decepciona quem gosta de “sombra e água fresca” nas férias. Esse definitivamente não é o lugar ideal para passar férias tranquilas. Se esse é o seu objetivo, priorize outras regiões na Califórnia.

Downtown Los Angeles, também conhecido como DTLA – Foto: Ron Reiring para Flickr

 

Venice Beach: a outra face de LA

 

O que tem para fazer?

Muita coisa acontece por aqui: são inúmeros restaurantes, baladas, teatros, museus… Não faltam opções! É também onde fica Hollywood e, portanto, o principal lugar quando o assunto é cinema e programas de televisão. Pelo mesmo motivo, é aqui que moram várias celebridades, como Beyonce, Kim Kardashian, George Clooney e por aí vai. Apesar de ter vivido por um ano na cidade, só vi uma celebridade: Sylvester Stallone (foi muito legal ver o “Rambo” ao vivo hehehe).

Apesar dessa agitação toda, Los Angeles ainda guarda um ar descontraído, típico da Califórnia. Provavelmente “culpa” do Oceano Pacífico, do céu azul e da luz dourada ao pôr do sol, o que garante diversas áreas ao ar livre muito bem projetadas para garantir o lazer da população – e dos turistas.

É muito importante que você tenha em mente o seguinte: Los Angeles é enorme e oferece todo tipo de atividade. Impossível esgotar o que a cidade tem a oferecer em uma curta viagem de férias (não estou nem incluindo aqui tudo que tem para fazer nos arredores de Los Angeles County, é muita coisa mesmo!). Estamos morando aqui há dez meses e ainda me sinto uma turista. Cabe a você, portanto, selecionar o tipo de programa que mais lhe agrada ao visitar o county.

Spoiler: já já sai post com roteiros pela cidade, dicas de quantos dias ficar, restaurantes e por aí vai!

 

Faz sol o ano todo mesmo?

Sim!!! 🙂 São quase 300 dias de sol por ano.

O clima é classificado como mediterrâneo, o que significa verão quente e seco e inverno brando. Chuva mesmo só no inverno e, mesmo assim, muito pouca se compararmos com cidades litorâneas no Brasil. Durante o verão, não espere ver uma gota sequer de água caindo do céu.

O quadro abaixo indica as médias de temperatura e precipitação por mês:

Fonte: The Weather Channel

 

Mas você está falando de Los Angeles, Santa Monica, Malibu…? Nunca entendo isso!

Muita gente fica confusa com as diversas cidades que fazem parte de Los Angeles (eu mesma só entendi quando vim morar aqui). Los Angeles County, ou condado de Los Angeles em bom português, possui aproximadamente 90 cidades diferentes. É como se fossem bairros grandes, mas cada um com a sua própria Prefeitura. Isso significa que você provavelmente visitará várias “cidades” quando estiver em Los Angeles County como, por exemplo, Santa Monica, Beverly Hills e Malibu.

Uma dessas várias cidades é a própria cidade de Los Angeles, que está ali no meio das outras cidades que formam o condado. Meio confuso, né? Mas na prática é simples: você vai trafegar facilmente entre uma cidade e outra e, provavelmente, só vai perceber que mudou de cidade porque as placas com os nomes das ruas dizem em qual “city” você está. As cidades no geral são interligadas pelas highways e sistemas de transporte público. Então, para facilitar, finge que são grandes bairros.

Mapa divertido de Los Angeles e arredores – Fonte: Discover Los Angeles

 

O trânsito é mesmo caótico?

Sim, é de enlouquecer qualquer pessoa! Os americanos, em geral, começam a trabalhar cedo, então o trânsito fica caótico por volta das 7h da manhã e melhora por volta das 9h. Ao final do dia, tenha paciência ao dirigir entre 16h e 18h/19h. Programe-se para evitar deslocamentos nesses horários. No resto do dia é um pouco melhor.

Como você provavelmente estará viajando acompanhado, saiba que as principais highways (rodovias expressas) contam com um car pool. Isso significa que quem está com 2 pessoas ou mais no carro pode dirigir na faixa mais à esquerda (só não pode mesmo quem estiver sozinho no carro e a multa é em torno de $350 dólares em caso de violação). Normalmente essa pista flui bem melhor. Mas preste atenção: somente pode entrar ou sair da pista quando a faixa é pontilhada e pintada em branco. Quando a faixa é dupla e em amarelo, nada de entrar ou sair.

 

É verdade que o transporte público é ruim?

Sim e não (risos). Usei muito metrô para ir à universidade e funcionava muito bem. Há ônibus ou metrô interligando toda a cidade. O problema é que a cidade é muito grande e as principais atrações turísticas são super espalhadas. Não há uma estação de metrô em cada esquina e os ônibus às vezes demoram a passar. Para turismo, é cansativo e demorado. Assim, a melhor forma de locomoção é, sem dúvidas, alugar um carro (isso vale para toda a Califórnia).

Uma dica legal é alugar por meio do aplicativo Turo, uma espécie de Airbnb para carros. O dono leva até você e depois busca, o que facilita bastante a logística. E normalmente ainda é bem mais barato do que alugar em uma locadora convencional. Clicando aqui você ganha um desconto de $25 dólares na primeira vez que usar.

Este post já está ficando muito longo, então vamos parar por aqui, mas prometemos mais informações sobre LA em breve!

Qualquer dúvida, deixa nos comentários 😉

Leia também: Santa Bárbara, a Riviera americana

Yosemite National Park: O guia completo

Comentários